Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
27
Ago
13

O Algarve oferece uma gastronomia rica e variada. Terra de pescadores, a costa algarvia acaba por ser um paraíso gastronómico dedicado aos que apreciam marisco e peixe.

É um facto que em boa parte das especialidades algarvias, estão presentes muitos pratos de marisco e de peixe, mas a gastronomia desta região vai muito além de uma cozinha assente em produtos do mar.

Para lhe abrir o apetite, conheça agora 7 especialidades desta região:

 

Amêijoas na Cataplana

O nome deste prato, deriva do recipiente em que o mesmo é preparado, uma panela em metal (côncava dos dois lados), de seu nome cataplana.

Ingredientes principais

Amêijoas, sal, cebola, batata, cebola, chouriço, tomate, ervas de cheiro (coentros ou salsa), alho, folha de louro, vinho branco, salsa, presunto.

Modo de confeção

Depois de lavadas, deixe repousar as amêijoas em água e sal umas horas antes da sua confeção.

Faça um refogado de cebola, alho, louro e azeite, adicione a salsa e deixe refogar, entretanto coloque um pouco de vinho branco no refogado e deixe apurar.

Corta-se o presunto e o chouriço em pedaços, escalda-se os tomates em água a ferver para que se possa retirar peles e sementes, depois acrescente no tacho juntamente com o presunto e o chouriço e deixe estufar por uns 10 minutos.

Agora na cataplana (ao lume brando), junte um pouco deste preparado, formando uma primeira camada, já limpas, acrescentam-se as amêijoas e sobre estas nova camada do preparado, fecha-se a cataplana e 5 minutos depois volta-se a cataplana e deixa-se ao lume até que as amêijoas abram.

Conselhos

Para um melhor resultado, deverão ser utilizadas amêijoas grandes e a cataplana só deverá ser aberta em presença de quem a vai comer, de forma a conservar os aromas.

 

Caldeirada à Algarvia

Criada pelos pescadores, que no alto mar cozinhavam com aquilo que lhes vinha a rede. É um prato típico do verão sempre presente no menu dos bons restaurantes algarvios.

 

Ingredientes principais

Peixe (rascasso, safio, pata-roxa), tomate maduro, sal, azeite, cebola, alho, pimento, vinho branco, salsa, louro, pimenta, amêijoas ou conquilhas ou berbigões e batata.

Modo de confeção

Depois de os peixes limpos, cortam-se em bocados e tempera-se com sal.

Têm-se as amêijoas, bem lavadas e colocam-se no fundo do recipiente onde se irá agora preparar a caldeirada.

Rega-se com o azeite e introduz-se o peixe em camadas alternadas com as cebolas, o tomate, o pimento, o alho e as batatas cortadas em rodelas. Junta-se agora o vinho branco a salsa e o louro e deixa-se cozer em lume brando, por cerca de meia hora.

Conselhos

Depois de cozinhada, deve-se retirar o preparado na vertical para que se coma um pouco de cada peixe.

O caldo da caldeirada poderá ser utilizado para fazer sopa ou então para se fazer um arroz solto.

 

Xarém com conquilhas

Xarém com conquilhas é um prato tradicional do Algarve, nomeadamente da zona de Olhão.  Este prato de marisco possibilita várias combinações, podendo ser feito com conquilhas, amêijoas, sardinhas, camarão, etc.

O que diferencia o prato que é confeccionado nesta região, é que a farinha de milho utilizada e triturada numa mó.

Ingredientes principais

O prato é composto por conquilhas, papas de milho, tiras de toucinho fumado, pão, banha,etc.

Modo de confeção

Põem-se as conquilhas de molho em água e sal, de forma a largarem a areia que possam ainda possuir. Leva-se ao lume numa panela com bastante água, logo que esteja morna, começa a deitar-se o milho mal moído e peneirado, e ao mesmo tempo mexe-se com uma colher de pau. Corta-se o toucinho em pedaços pequenos e frita-se, para que se possa deitar dentro do milho que está a cozer. Quando o milho fizer bolhas, juntam-se as conquilhas e adiciona-se banha, logo que as papas estiverem com a consistência desejada, deixa-se ferver um pouco mais e serve-se de seguida.

Conselhos

O xarém com conquilhas pode ser servido como entrada ou como prato principal.

 

Cabidela de Galo à Portimonense

Pertencente à categoria de aves e caça, este prato diferencia-se da cabidela normal porque leva batata na sua confeção. Como seu nome indica, este prato poderá ser encontrado na região de Portimão.

Ingredientes principais

Carne de galo e o seu sangue, vinagre, vinho tinto, azeite, água, cebola, alho, louro, salsa, sal e batatas brancas.

Modo de confeção

É muito simples a confeção deste prato. Comece por corta a carne em pedaços, Faça um refogado com o alho, azeite, cebola e louro, quando alourar junte a carne e deixe estufar por um dez minutos. Após esse tempo, misture o vinho.

Quando levantar a fervura, junte a água e deixe em lume brando até ficar cozido. Adicione as batatas e deixe ferver por mais quinze minutos, misture a salsa, vinagre e o sangue e junte ao preparado enquanto mexe com uma colher de pau. A sua refeição está pronta.

 

Feijoada de Búzios

Pertencente à categoria de pratos completos, feijoada de búzios é um prato tradicional do Algarve.

Ingredientes principais

Miolos de búzios, feijão vermelho ou catarino, tomates frescos, pimento verde, ramo de salsa, folha de louro, dentes de alho, cebola, azeite,…

Modo de confeção

Previamente demolhado, coloque o feijão a cozer. Parta os búzios e retire o seu miolo e coloque a cozer em água e sal, por 50 minutos. Já cozidos, retire-os da panela e deixe arrefecer num recipiente de forma a que possa os cortar em pedaços.

Noutro tacho, faça um refogado de azeite alho cebola e louro e deixe alourar, coloque agora o pimento cortado em quadrados pequenos, limpe os tomates e retire a sua pele e junte ao refogado.

Junte os miolos e tempere a seu gosto com sal, pimenta e piripiri. Junte agora o feijão já cozido, e deixe ferver até apurar.

Conselhos

Este prato deve ser acompanhado com arroz branco.

 

Arroz de Polvo

Por terras de pescadores, o arroz de polvo faz furor nesta região.

Ingredientes principais

Polvo, vinho tinto, cebola, azeite, alho, tomates frescos, pimento verde, arroz, salsa, piripiri e sal.

Modo de confeção

O polvo depois de limpo deverá ser cortado em pedaços pequenos.

Faça um refogado de cebola alho e azeite, e depois adicione os pimentos e os tomates cortados em pedaços, devidamente limpos e livres de sementes.

Adicione o polvo e deixe refogar por uns minutos, Junta-se o vinho e um pouco de água e deixa-se cozer. Tempere com sal e piripiri a seu gosto e quando o polvo estiver cozido, deite o arroz, devendo cozer por mais 15 minutos.

Se desejar polvilhe com salsa picada.

Conselhos

É conveniente que depois de confecionado, seja um prato de arroz solto (arroz malandro).

 

Bifes de Atum à Algarvia

Como seu próprio nome diz, é um bife à moda do Algarve.

Ingredientes principais

Atum fresco, tomate maduro, alho, cebola, cravinhos-da-índia, louro, sopa de banha, sopa de azeite, sal e pimenta.

Modo de confeção

Numa frigideira de barro, dispõe-se uma camada de tomate, alhos e cebolas em rodelas, por cima acrescenta-se os bifes de atum, e novamente nova camada de tomate, alhos e cebola.

Deita-se por cima a banha espalhada e rega-se com azeite. Introduzem-se os cravinhos, tapa-se a frigideira e leva-se o preparado a cozer em lume brando.

Conselhos

Este prato é usualmente acompanhado por batata cozida e salada de tomate. Eventualmente poderá ser acompanhado também por batatas fritas às rodelas.

publicado por olga pires às 19:17
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO